• Cain Mireen

Os poderes astutos da Pedra do Sangue.

Dentro do caminho astuto existe muitas formas de remediar o sangramento de um corte e muitas vezes é usado os encantos inscritos ou encantamentos que utilizam os poderes como da Virgem Maria, Santíssima Trindade e fatos da vida de Jesus Cristo e muitos homens e mulheres que ganhava a vida realizando curas de "parar sangue" foram conhecidos como Encantadores de Sangue, desde o uso de meios mágicos como encantamentos, poder do verbo, das palavras e conjuros até a fabricação de remédios que tinham o poder de parar o sangue.


Pedra do Sangue

Entre palavras e remédios um artefato que sempre funcionava como um amuleto para parar o sangramento era o uso de uma pedra popularmente conhecida como Pedra de Sangue - Bloodstone. É uma variedade de calcedónia de cor verde que pode ser também a coloração de verde escuro com algumas pontuações avermelhadas; esta é a única combinação que pode realmente ser chamada de pedra de sangue - heliotropo, recebeu o nome dos pontos vermelhos que adornavam a superfície, o que causou uma associação tão forte com o sangue que foi até dito que ele parou a hemorragia com apenas um toque. Esta pedra foi usado pelos babilônios para fazer amuletos, acredita-se que essa pedra proporciona cura especialmente relacionada as doenças sanguíneas, muitas vezes chamada como "pedra do Martír" pois conta o folclore que ela foi criada com as gotas de sangue que caiu de Jesus Cristo na crucificação manchando o jaspe ao pé da cruz. Os cristãos medievais costumavam usar pedra de sangue para esculpir cenas da crucificação e mártires, fazendo com que a pedra de sangue também fosse chamada pelo mesmo nome "Pedra do Martír"


Heliotropo

O Nome "Heliotrópio", vem dos gregos que significa " sol se transformando". Dizia-se que se a pedra fosse colocada em um balde de água, o reflexo do sol ficaria vermelho, mas tarde isso é citado por muitos como realmente tornando o próprio sol vermelho. Uma pedra ungia com a flor do mesmo nome daria invisibilidade. E, finalmente, se alguém entoasse o nome gravado em certos talismã de pedras de sangue, as fechaduras se abririam, os parafusos seroam jogados para trás e todos os laços seriam rasgados. Nenhuma porta poderia parar o usuário e nenhuma corrente poderia prendê-lo., por isso que a pedra foi chamado por um tempo como a "Pedra dos Ladrões".


Para manter o sangramento cessado deverá ter a pedra envolvido por um pano vermelho e ser carregado no pescoço isso garante que o sangramento não dure mais, hoje em dia século XXI temos muitos recursos não mágico para garantir que o sangramento não seja prolongado, através de métodos medicinais mas hoje em dia poucas pessoas conhece formas mágicas e astutas de garantir um bom funcionamento mágico quando assuntos relacionado ao sangue.


Nigel Pennick em seu livro Witchcraft and Secret Societies of Rural England: The Magic of Toadmen, Plough Witches, Mummers, and Bonesmen nos dá algumas informações sobre o uso dela nas terras do velho mundo. A pedra é usada como uma remédio tradicional para impedir que um corte sangre, o seu número significativo mágico é o 9 para que funcione, ao amarrar uma pedra com seda vermelha em volta amarre com três nós e que para ativar os poderes da pedra é usado 9 gotas de sangue do homem quando o remédio destina para a mulher, ou usado 9 gotas de sangue da mulher quando é usado por um homem.

Em 1865, George Rayson observou um remédio ao leste da Inglaterra contra hemorragias nasais, que era usar um novelo de seda escarlate em volta do pescoço, amarrado com nove nós na frente. Os nós devem ser amarrados por um homem para uma mulher e vice-versa


Cain Mireen


49 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo