• Cain Mireen

Ancestralidade da Terra

Segue um texto escrito pela bruxa Ligia Ramos para o blog, ela compartilha a visão da ancestralidade da terra que pisamos, afinal honrar os ancestrais da terra é o Ofício da Bruxa.



Povo Encantado, Povo Feerico, Povo das Fadas, ou simplesmente os Ancestrais da terra.

Muitas tradições pagãs e bruxas trabalham com o culto ancestral. Na tradição que sigo, trabalho com a ancestralidade do sangue, a ancestralidade do espírito e a ancestralidade da terra.

Hoje eu quero falar sobre a ancestralidade da terra, especificamente quero falar sobre a nossa terra, Brasil. Ou você é desses que acha que a bruxaria é algo exclusivo do Europeu?

Nós, brasileiros, de um modo geral temos a tendência em apreciar produtos e tudo que vem do exterior. E isto não é diferente dentro do ofício bruxo.

Antes de qualquer coisa, quero deixar claro, que não há problema nenhum nisso. Mas quero chamar a atenção para as belezas e a força de nossa terra “Brasilis”.

Será que só há magia e lugares mágicos no velho Mundo? Entendo todo o interesse em conhecer o velho mundo, mas por que não apreciar o lugar em que vivemos?

O Brasil têm uma história riquíssima, e lugares incríveis de beleza ímpar.*

Outra coisa que vejo ser muito comum é a preferência por ervas e ingredientes, para diversos tipos de feitiços, que vêm de fora... As pessoas gastam uma fortuna na compra de ervas importadas, e muitas vezes desconhecem o valor terapêutico e mágico de ervas que são encontradas facilmente nas lojas e empórios da sua cidade ou bairro, ou mesmo nas calçadas por onde passam.

Salvo alguns feitiços e afins muito específicos que exigem ser seguidos à risca, acho válido o estudo para substituição do produto importado pelo produto nacional. E muitas vezes o produto nacional pode agir magicamente e energeticamente de modo mais eficiente.

Vivemos em uma terra onde cultuamos deuses importados (vale lembrar que Jesus não nasceu em Pindamonhangaba e Orixás não são brasileiros), e não há problema nenhum nisso, afinal a espiritualidade é plural e fronteiras só existem em nosso plano. É importante lembrar-se de honrar os que vieram antes de nós no chão em que pisamos. E também celebrar a sabedoria dos povos nativos, que em sua maioria é usada sem que sequer sejam lembrados.

Valorizar nossas ervas, o alimento que tiramos de nossa terra, conhecer a força da nossa natureza e dos elementais que aqui estão. E também conhecer toda cultura e magia que esta terra oferece devem sim fazer parte do ofício e da arte bruxa.·.


*Segue link com alguns destinos místicos para colocar na lista e ir conhecer.

https://www.wemystic.com.br/artigos/as-10-cidades-mais-misticas-e-sobrenaturais-do-brasil/

Abraços e até a próxima.


Ligia Ramos


Link da imagem: https://revistazunai.com.br/lendas-brasileiras-historia/?fbclid=IwAR0PlXqDAZIcRsy-ZZ2pK1JBrKyb2e-XwwMKRjd6mRXPUAs2FqNZPEXWDtQ

229 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo